Série SABORES REGIONAIS – Tapioca

Sabores Regionais e Turismo – Tapioca

 Autor: Thiago Larry Pereira de Sousa (UERN) – E-mail: thiagolarry@hotmail.com

O Nordeste possui uma grande variedade de iguarias que ainda são comercializadas nos dias atuais. Os pratos típicos e frutas regionais possuem uma relevância considerável, uma vez que os turistas além de conhecerem a cidade (como também sua história), também precisam provar de sabores que encontrarão somente naquele lugar. Isso será imprescindível para que estes retornem ao local com mais frequência e até difundam os pontos entre suas redes de contatos.

Dentre a vasta quantidade de iguarias regionais que possuímos, podemos citar a tapioca como uma das principais comidas típicas do Nordeste. A tapioca possui origem indígena e é uma receita originalmente brasileira. Descoberta em Pernambuco, a tapioca era a base da alimentação no Brasil até a invasão/colonização dos portugueses. Neste período de colonização, a tapioca era acompanhada com carne, leite ou ovos onde era substituída por pão de trigo. A receita começou a viajar para outros lugares do planeta a partir do século XXI, em países como Tailândia e Vietnã. Atualmente é um prato requisitado nas regiões nordeste e norte do país. Em 2006, a tapioca foi considerada pelo Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda como Patrimônio Imaterial e Cultural da Cidade.

tapioca-de-frangoQuanto à composição, podemos dizer que é um alimento extraído da mandioca em que depois é transformada em polvilho/goma. Depois deste processo, deve ser inserida em uma frigideira ou chapa quente até chegar à forma redonda (parecida com uma panqueca). Quanto ao consumo, existem inúmeras formas de saboreá-la: com manteiga, coco, carne, frango, queijo dentre outros tipos de recheios.

 

Aprenda a Fazer Tapioca:

Receita de Tapioca Tradicional.

Ingredientes:

⇒ ½ kg de goma para tapioca (ou polvilho doce)
⇒ 1 xícara de coco ralado (opcional)
⇒ sal a gosto (opcional)
⇒ água

Modo de Preparo:

tapioca-mitos-e-verdades-300x199Coloque ½ quilo de goma dentro de uma vasilha. Vá molhando aos poucos, sem exagerar para que a massa não fique mole demais;

Caso fique muito úmida, adicione mais um pouco de polvilho. Não deixe também seca demais. O objetivo é fazer com que a massa escorra livremente entre os dedos;

Adicione um pouco de sal e o coco ralado;

Insira a mistura em uma peneira, para que a massa fique fina; ligue o fogo alto e coloque a frigideira. Após 10 segundos, deixe em fogo médio e adicione a goma na frigideira, espalhando a massa para que ela fique semelhante a uma panqueca;

Quando ela não estiver mais se quebrando, é porque está pronta, assim, adicione o recheio de sua preferência.

Em virtude dos fatos mencionados, faz-se necessário que o Nordeste como um todo preserve cada vez mais as suas iguarias e repasse-as de geração para geração. Uma pequena invenção pode se tornar história. O turismo se alimenta de história e requer cada vez mais que pessoas não só sirvam um simples prato, mas que conte as suas origens e a sua importância.

REFERÊNCIA:

RECEITA DE TAPIOCA. Disponível em: <http://comidas-tipicas.info/comidas-do-nordeste/receita-de-tapioca.html>. Acesso em: 03 de abril de 2016.

IMAGENS:

Extraídas do site: <http://www.alinedeandrade.com.br>. Acesso em: 03 de abril de 2016.

 

2 opiniões sobre “Série SABORES REGIONAIS – Tapioca

  • 7 de abril de 2016 em 23:19
    Permalink

    Parabéns pelo texto claro e objetivo! 🙂

    Resposta
  • 6 de abril de 2016 em 22:48
    Permalink

    Nossa, que legal!
    Não sabia que a Tapioca era Patrimônio Cultural, interessante!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *